Não há outra como ela.

10494541_698197073607850_5028816632988865916_n

Bastava um toque da sua mão para sentir o que realmente é. Um achado. Uma daquelas raridades que não encontramos, mesmo se procurássemos durante anos, talvez séculos. A sua presença impõe-se naturalmente, a sua leveza de espírito inunda o nosso ser, ao ponto de ficarmos inebriados perante tal pessoa. Não precisa de usar uma coroa para se distinguir, pois a luz da sua áurea faz essa distinção em relação às outras, sem querer menosprezar ninguém, obviamente.  Não há outra como ela, porque é ela mesmo que o faz assim, mesmo sem querer ou dar a entender. Não há outra como ela, porque a conjunção de qualidades que lhe são inatas, fazem com que seja difícil de arranjar alguém similar. Não há outra como ela, porque ela é como é, vive e irradia luz por si mesma, e não tenta causar ou ter inveja, pois a simplicidade da sua personalidade faz com que se veja a sua transparência. Se olham de cima a baixo, seja com que olhar for, não a incomoda, pois sabe do seu valor e sabe do caminho que já percorreu e ainda tem de percorrer. A segurança de si mesma, é uma verdadeira força da Natureza. O seu poder não é de controlo ou de posse, mas sim de um misto de encanto e simpatia. É um dos seus pilares, pois sabe ser tranquila quando confrontada com alguém que usa esse tipo de poder para humilhar ou diminuir. Ela é bela, e iria ser sempre bela, independentemente do corpo que tiver, porque a confiança que respira é a sua natural sensualidade e maneira de ser e sentir o que é ser Mulher. Poderia ser ela, uma poderosa força de sedução ? Poderia, mas não é. Nunca poderia ser. A sua elegante personalidade mostra igualmente a sua inteligência emocional. Nunca iria rebaixar alguém para se sentir melhor. Iria sim perdoar antes de se desligar. Porque sabe que o perdão é o que dá mais energia ao ser. Não esconde o que é, e a sua transparência e envolvência são tão brutalmente honestas, que só um homem especial poderá entender e compreender a imensidão que envolve alguém tão única assim. Ela sabe que nada é para sempre, mas no seu interior sabe exactamente quando tem a energia para ser eterno, mesmo que o eterno seja um segundo que passa perante os olhos de todos nós. Ela não precisa de dizer que é para ficar. Quando é para ficar ela fica por tem mesmo que ser, e não por qualquer imposição, porque a sua intuição é enorme e marcante. Pode ser melhor que outras em muitos aspectos, mas nunca irá dizê-lo nem ter isso como factor determinante da pessoa que é. Não necessita, não é algo que a preocupe. Uma das suas belezas é a sua simplicidade. Sabe ser uma rainha sem dar por isso, pensando mesmo que é uma plebeia. É uma das suas qualidades. É original de certo modo, porque sente-se confortável na sua pele, e isso é fundamental no equilíbrio do seu ser, porque como diz a tal frase, “Se eu não gostar de mim, quem gostará ?”. Não há outra como ela, porque mesmo que cause inveja em qualquer outra pessoa, nem irá dar conta disso ou fazer algo para inflamar. A sua tendência é de ser simples e honesta e não egoísta, arrogante ou altiva. Ela mostra o que é, não tem de provar ou mostrar, a sua força é a sua marca de qualidade individual. A sua ambição nunca será dinheiro ou poder. A sua ambição é a mais pura das qualidades que possui. Tornar-se cada vez uma pessoa melhor do que de facto já é, de valorizar e iluminar a amizade e mostrar a excelente mulher que é, com o seu sorriso que cativa e desarma qualquer pessoa. Quem olhar para ela, pode ver uma Mulher atraente. Mas só quem tem o coração como visão, consegue ver o que há mais para além disso. Porque só um verdadeira pessoa de bem consegue ver o que é e representa. Por isso não haverá outra como ela. Nem terá de haver. Porque só quem sente o bem na alma, consegue entender o porque de tudo o que foi escrito. E isso, é algo parte de dentro para fora, naturalmente com todo o Amor.

 

 

 

 

 

Dedicado a Mafalda  – O Amor de uma Vida.